CAMPANHA DE RESTAURAÇÃO DA SEDE DO IPCN!

CAMPANHA DE RESTAURAÇÃO DA SEDE DO IPCN!
VOCÊ TAMBÉM PODE PARTICIPAR! Comunique sua doação pelo e-mail: ipcn_ipcn@yahoo.com.br - Clique na imagem acima e VISITE O BLOG DA RECUPERAÇÃO DO IPCN.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

RJ - IPCN convite para Revitalização

Movimento Negro:

I P C N

em Tempos de Revitalização

Estimada/o,

Em que pese algumas críticas nossas à parte do projeto de revitalização da área do Porto do Rio de Janeiro, especificamente com referência à derrubada do elevado da Avenida Perimetral (Elevado Juscelino Kubitschek), o fato é que a cidade do Rio de Janeiro necessita de revisão e reparos permanentes; e, neste momento, urgentes!
Mormente a área do Porto do Rio de Janeiro que é lugar principal da entrada de escravizados para todo o País: homens, mulheres, crianças e idosos “desfamiliados”, “despatriados”, deportados de suas terras de origem; abduzidos!
E mais especialmente ainda se observamos que aquela área não tem qualquer referência “ocidental” do povo ancestral: estátua, monumento; edificação.
Por já terem constatando isso há muito tempo e buscando a oportunidade do momento, foi que Pai Renato d´Obaluaiê, representando um movimento que circulou para abaixo-assinado em concreto e de modo virtual, entregou, no primeiro dia do mês de agosto, o documento que requer a construção de um “Monumento à Ancestralidade Negra” e do “Memorial dos Saberes Milenares da Diáspora Africana”, ao Governador Sérgio Cabral e ao Presidente da ALERJ, Deputado Jorge Piciane. Na ocasião, entregou, igualmente, a Carta do Rio de Janeiro 2010 de “Ações Afirmativas para a População Negra, emanadas das Casas de Axé”. (1)
Quando tratamos de revitalização, logo lembramos do recente incêndio que afetou a Casa Brasil Nigéria / Instituto Palmares de Direitos Humanos – IPDH e que provocou a destruição da memória material do IPDH e também a memória-museu-história-projeto da Cia Rubens Barbot Teatro de Dança.

E ainda, tratando de revitalização, lembramos-vivemos que desde o início de 2007 foi iniciado um movimento, no Rio de Janeiro, com repercussão no Brasil e em alguns pontos do exterior, na direção de recuperar o espaço e a memória de um ícone fundamental do Movimento Negro no Rio de Janeiro e no País, um ícone onde conviveram as lideranças fundamento do MN, onde se iniciaram as lideranças-continuação que estão ainda hoje na reflexão, na discussão e na lida anti-racista.

Pessoas de hoje, que muito respeitamos, como Wilson Prudente, é raiz do IPCN;Pessoas de ainda hoje, como Abdias Nascimento deixou muito ensinamento que reflete em nossas mentes e corações até hoje.

E são tantos e tantas e tantos e tantas e tantos e tantas......gente do Rio, de São Paulo, da Bahia, de Minas Gerais, do Rio Grande do Sul, do Maranhão, do Pará, de Alagoas, de... de..., de...
E alguns desses tantos e tantas, no Rio de Janeiro, iniciaram, agora, em 2010, um movimento para, num primeiro momento, restabelecer o prédio da Avenida Mem de Sá, nº 208.

Num 2º momento... há muito a fazer...O que tinha no prédio? Onde a antiga biblioteca de filosofia e sociologia de Lélia Gonzalez? Onde a documentação e a história do MN que estava nos arquivos? Onde a parceria do IPCN com Olodum, de modo que filiado de um era automaticamente filiado de outro?

Num 2º momento... há muito a fazer, inclusive ter o privilégio de um espaço no centro da cidade!

Este mesmo centro da cidade que passa por uma revitalização!

Qual a distância entre o Porto e a Lapa?

Tratamos aqui da revitalização de “coisas” nossas! E por que “coisas” nossas são esquecidas?
Você está convidado a participar, no próximo domingo, dia 26 de setembro, a partir das 14 horas, de uma Feijoada que tem a intenção que agregar para este Movimento Negro de Revitalização da História de um marco que constitui uma parte crucial da Memória da Luta Negra no Rio de Janeiro e no País.

O local da Feijoada é na Avenida Mém de Sá, nº 208, Bairro Cruz Vermelha, Centro do Rio de Janeiro – RJ

Caso não possa comparecer para saber mais detalhes, você pode contribuir adquirindo um convite simbólico demonstrando sua Presença e Solidariedade.

Todas/os que têm intenção de comparecer, por gentileza, faça sua contribuição antecipada.

Para presentes e ausentes a conta é em nome de “Cad – Recuperação do IPCN”, Banco do Brasil, agência 3260-3, conta corrente nº 9297-5. Se for fazer DOC pela internet, você precisará do número do CNPJ. Por gentileza, não hesite em perguntar ao IPCN, pelo e-mail ipcn_ipcn@yahoo.com.br. O valor da contribuição para este evento e para demonstrar seu engajamento é de R$ 20,00.

Para presentes e ausentes e para todas as contribuições, por favor, não esqueça de informar pelo mesmo endereço de e-mail ipcn_ipcn@yahoo.com.br. Você saberá e participará dos desdobramentos.

Até agora Nossa História tem sido feita de garra e resistência.Daqui para Frente, garra e resistência dependem de nós para que a mesma Nossa História permaneça.

Axé!
Ana Maria Felippe
Coordenadora de Memorial Lélia Gonzalez
(1) - Os documentos seguem sendo entregues a outras autoridades políticas.

Na foto (abaixo) de Januário Garcia, Abdias Nascimento é recebido no IPCN. Lélia Gonzalez; Abgail Paschoa; Paulo Roberto dos Santos; Adélia Azevedo sentada. Em pé, atrás de Abdias, Marcos Aurore Romão. ______________________________________________________
Recebido de Ana Maria Felippe do Memorial Lélia Gonzalez, via e-mail.

Nenhum comentário:

Postar um comentário